segunda-feira, 26 de maio de 2014

Motas, motas e motas…

Gosto de falar sobre motas, porque apesar de ser um vício mais ou menos saudável, quando não há quedas e costelas partidas, é sempre uma aprendizagem mais ou menos confusa…

Confusos?! Eu explico. 

Gosto de moto4, sempre as adorei, mas já andei em motas de duas rodas, e apesar de serem melhores para fazer alguns percursos, não tenho grande confiança para andar nelas.

E sei que as moto4 apesar de aparentarem mais confiança, não são confortáveis em todos os percursos, e claro se houver uma queda a probabilidade de te aleijares é igual, na minha opinião.

Já discuti este assunto com o M. e apesar de ainda não compreender a diferença entre elas, respeito a decisão de ele querer ter um exemplar de cada!

Ele diz-me que a de duas rodas é melhor para andar no monte, eu cá, que já andei no monte prefiro a moto4, sinto-me mais segura. Mas claro que nem todos os gostos são iguais.

Já lhe disse que vou criar uma mota do género triciclo e vou fazer milhões de euros (ou não), já que a maior parte gosta de ter um exemplar de cada uma, para experimentar!

2 comentários:

  1. Já há tipo triciclo e são tão más e feiosas...tadinhas! Arranjem uma de cada e fica resolvido =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha que criar uma gira, mas é dificil...

      Excluir

Para mim todos os comentários são importantes! Se nao for mais para crescer e trocar pontos de vista!

Fico à espera dos vossos comentários :)