terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Conversa de luvas…

Há pois é! Quem pensa que falar de luvas não é um tema de conversa interessante desengane-se, porque consegui ter uma conversa tão interessante sobre luvas, que nem imaginam, e se me serviu para alguma coisa?! NÃO! Fiquei a saber o que já sabia… Mas pronto, vou contar a minha conversa na mesma…

Estava a conversar com o M. e a queixar-me que tenho sempre as minhas mãos frias, que venho trabalhar a parecer um chouriço e que trago pantufas para conseguir ter os pés quentes. Nisto diz-me ele assim:

M. – Tens que investir numas luvas boas, para conseguires trabalhar!
Eu – Já investi mas são mal jeitosas, prefiro as luvas sem dedos e mais baratas, sempre dão para escrever, e para conduzir também são uma maravilha!
M. – Eu também já investi numas luvas, que aquelas que me ofereceste juntamente com o fato da mota, foram à vida!
Eu – Foi do uso que lhe deste! Eu comprei umas boas em pele há uns anos atrás e estão como novas, é raro usa-las, porque não me ajeito a conduzir com elas, só ando com elas, quando não vou conduzir ou trabalhar, apenas para passear e ás vezes nem isso, porque elas nem servem para meter as mãos nos bolsos!
M. – Eu sei o que isso é! Tenho umas em casa, que por falta de uso, ofereci ao meu mano e estão lá como novas, ninguém gosta delas!!

Resumindo foi isto!

A minha conclusão é que, fui comprar outro par de luvas das baratas sem dedos e com carapuço, porque as que tinham estavam mesmo pelas horas da morte! Agora tenho as mãos quentinhas, e a parte boa, como tem carapuço dá para aquecer os dedos quando tiver frio!

E acho que por agora, consigo sobreviver a este frio que por aqui anda!
 

3 comentários:

  1. Sem dedos e com carapuçoooooo, eu gosto, mas as minhas viraram pó... não encontro :(

    ResponderExcluir

Para mim todos os comentários são importantes! Se nao for mais para crescer e trocar pontos de vista!

Fico à espera dos vossos comentários :)